A que se parece o cérebro dos filósofos ?

6 Abr 2018 | Mídias

Os caminhos da filosofia – Adèle Van Reeth

Imaginem que nós possamos abrir o crânio de um filósofo no momento em que ele está a pensar, pergunta Adèle Reeth.
O que distingue o cérebro dos filósofos ? quais relações a Filosofia entretém com a Ciência ?

Como o cérebro aborda uma questão científica ? Como o nosso cérebro emocional pode encontrar-se mobilizado ?
Qual relação a racionalidade entretém com as emoções ?

O que é o logos, o thumos, a epithumia ? O que representa o cérebro do coração ? Ou ainda a “grande razão do corpo” ? Apenas o cérebro pensa ? Devemos dizer “isso pensa em mim” ? Como pensar as relações entre a alma e o corpo ? A que se refere a glândula pineal da qual nos falou Descartes ?

Todo o conhecimento produzido pelas ciências merece assim certamente nutrir a reflexão filosófica. O corte do cérebro de Einstein em 240 fatias, apesar da oposição que ele expressou em vida, talvez tenha permitido saber mais sobre as relações entre a atividade cerebral e o pensamento. Contudo, o cérebro não é mais que uma máquina que produz ideias numerosas. Além disso, Einstein pensava precisamente que uma ideia era alguma coisa muito rara… fazer Ciência é talvez pensar contra o seu cérebro, isto é “apesar da evidência” ? Nós pensamos evidentemente com o nosso cérebro, mas também contra algumas ideias que o nosso cérebro nos apresenta como evidentes. “Pensar contra si mesmo” tem aliás por anagrama “como serpentear em si”, como se essa ideia de um contra pensamento fosse até inscrever-se, em maiúsculas cômicas para retomar a expressão de Nietzsche, até ao DNA do nosso pensamento por ele mesmo. A reflexão é um diálogo e refletir é seguramente dizer não, lembra-nos o filósofo Alain. Uma lei pode definitivamente contradizer a observação, como foi esse caso com a lei da queda dos corpos enunciada por Galileu.
O que é a inteligência artificial ? A palavra inteligência tem o mesmo significado em francês e em inglês ?

Podemos nos levantar graças aos obstáculos ? Devemos reconhecer que quanto mais avançamos mais a evidência se apaga ? As emoções podem impedir de pensar, ou ao contrário podem elas facilitar a aprendizagem ? Quais são as relações entre a consciência e o inconsciente ? O cérebro tem o monopólio do pensamento ?
Nós estamos certamente no balbuciamento dos conhecimentos sobre o nosso cérebro. Qual diferença existe entre o cérebro e o sistema nervoso central ? O que sabemos sobre o sistema nervoso dos insetos, dos polvos ? Como definir a memória ? Qual é a relação entre o cérebro e a antecipação ?

Darwin falava da raiz-cérebro. O que ela significa ? O que é a inteligência vegetal ? Podemos falar de memória vegetal ? Como os vegetais percebem o seu ambiente ? O que é o episteme ? O pensamento é um diálogo ? Podemos dizer como Platão que ela é “este diálogo interior e mudo da alma consigo mesma” ?
“Pensaríamos nós muito e pensaríamos bem se nós não pensássemos, Por assim dizer, em comum com outras que nos contam os seus pensamentos e a quem nós contamos os nossos ?” Questionava-se o filósofo Emmanuel Kant em “O que é orientar-se no pensamento?”

Um cérebro ou alguns cérebros ?

O que significa conhecer ? Quais são as relações entre o sujeito e o objeto ? O cérebro e o real ? Existe uma realidade fora daquela percebida pelo nosso cérebro ? Uma descoberta é talvez equivalente a uma introspecção. Talvez o real tal como ele nos aparece nos engana. Mais precisamente, a realidade tal como ela se deixa perceber nos enganaria sobre as leis que a regem ? O real tem um dobro ? Paul Claudel dizia que as coisas que existem são importantes.

Quais são as implicações políticas, étnicas das neurociências ? A inteligência artificial pode ser assimilada à tomada de decisão humana ? Qual é a potência das novas tecnologias ? E qual potência naquilo que é vulnerável ? A depressão pode servir a alguma coisa ? O vulnerável pode ser inventivo ? Qual sentido há em abordar um câncer do ponto de vista do tumor ? A literatura faz ciência sem o saber ? (Nós pensamos aqui em Flaubert, Zola, Proust). Existe alguma coisa em si, isto é uma realidade independente da minha percepção ? Podemos dizer que a imaginação dá acesso à realidade ? A Filosofia é a ciência da cidade ?

O que significa ser humilde quando somos cientistas ? Qual tipo de atividade cerebral representa a consciência, o despertar ? Quais são os tijolos daquilo que constitui o pensamento ?

O que é a plástica cerebral ? Podemos dizer que o funcionamento modifica a estrutura ? Nós podemos falar de escultura de si ? Qual é o lugar do filósofo na vida política ? Thales que cai em um poço designa a vocação política perdida, a confissão de uma falta, ou ao contrário a sua essência, teorética ?